Heitor Mueller faz duas finais e ganha o QS 1000

Heitor Mueller faz duas finais e ganha o QS 1000

A segunda edição do Punta Rocas Open Pro apresentado por Vissla foi encerrada com o Brasil ganhando a maioria dos títulos decididos neste domingo no Estádio do Surf do Peru. Heitor Mueller ganhando a decisão brasileira com Caio Costa. Na categoria Junior Sub-20, Ryan Kainalo também foi bicampeão na final contra Heitor Mueller.

 

O catarinense Heitor Mueller se destacou no Punta Rocas Pro quando derrotou o invicto Miguel Tudela.

 

Heitor Mueller ganhou a final brasileira do QS 1000 com Caio Costa no Peru e divide o segundo lugar com o argentino Nacho Gundesen, campeão da etapa de Mar del Plata.

 

“Estou muito feliz, foi um campeonato alucinante para mim, aprendi muita coisa e essa onda é muito boa. Eu estou treinando pra caramba e eu amo essa onda, com direitas e esquerdas e estou até tremendo, de tanta energia, tanta coisa boa que aconteceu esse dia”, disse Heitor Mueller.

 

“Na final da Junior, o Ryan Kainalo achou duas ondas muito boas e foi mérito dele ter ganho a bateria. Isso acontece, nem toda final o cara vai ser campeão. E para esse final do QS, eu mantive a estratégia e eu estou muito feliz mesmo de ter dado certo”.

 

Heitor Mueller foi o único a decidir dois títulos no domingo, entre três brasileiros que disputaram duas semifinais no último dia do Punta Rocas Open Pro. A primeira classificação foi na Junior Sub-20, com o mesmo Caio Costa que enfrentou na final brasileiro do QS 1000.

 

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO PUNTA ROCAS OPEN PRO:


DECISÃO DO QS 1000 MASCULINO: 


Campeão: Heitor Mueller (BRA) por 14,43 pts (8,33+6,10) – 1.000 pontos
Vice-campeão: Caio Costa (BRA) com 7,63 pts (4,83+2,80) – 800 pontos

 

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 650 pontos: 

1.a: Heitor Mueller (BRA) 14,57 x 13,76 Alonso Correa (PER)
2.a: Caio Costa (BRA) 14,43 x 12,83 Ryan Kainalo (BRA)

 

DECISÃO JUNIOR MASCULINO:

Bicampeão: Ryan Kainalo (BRA) por 15,70 pts (8,83+6,87) – 1.000 pontos
2.o lugar: Heitor Mueller (BRA) com 13,23 pts (7,23+6,00) – 800 pontos

 

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 650 pontos: 

1.a: Ryan Kainalo (BRA) 13,06 x 12,54 Fabricio Rocha (BRA)
2.a: Heitor Mueller (BRA) 13,77 x 11,67 Caio Costa (BRA)

 

 Imagens: wsl Brasil, waves


Matéria : https://www.waves.com.br/noticias/competicao/qs/punta-rocas-open-pro-so-da-brasil-no-peru

Voltar para o blog